Ricardo Pereira: Eu tenho que respeitar o posicionamento de Ceição, mas discordando veementemente

21 junho 2015

Apontado como líder das oposições em Princesa Isabel, Ricardo Pereira (PCdoB), tem a dura missão de apagar o fogo, pós-orçamento democrático. Se a principal necessidade do povo de Princesa é água, pra Ricardo Pereira não vai ser diferente. E certo disso, Ricardo já começou a reagir, após o fogo amigo de “Ceição Cazuza”.
Via telefone, neste sábado (21), Ricardo afirmou que houve um equivoco por parte de “Ceição”, quando ela diz que houve quatro falas; justificando que sua participação está dentro do formato do OD – Orçamento Democrático, por ser representante de Ricardo Coutinho (PSB), e discordou de “Ceição”, quando ela diz que houve omissão e privilégios.


“A guerreira Ceição, equivoca-se ao informar que em Princesa Isabel, houve quatro falas. Veja só, geralmente, o orçamento democrático, quem acompanha ele de fato e de direito, nos últimos anos sabe, que quem abre o orçamento democrático geralmente é o prefeito da cidade. Se o prefeito estiver ausente, abre o representante do governo, naquele momento. 

Então, eu dei as boas vindas as pessoas, aos prefeitos presentes, as autoridades presentes e apenas isso...as boas vindas! O orçamento democrático, ele não tem interferência política. Foi, inscrito Dr. Rivaldo e Gabriel, ambos falaram sobre água para Princesa Isabel! Dr. Rivaldo falou num pedido macro, que ele é conselheiro regional; ele representa de Manaíra a Imaculada.

 Aledson solicitou ao gerente do orçamento democrático, como ele não tem autonomia para deliberar foi deliberado pelo Secretário de Orçamento Democrático, e Aledson teve um falar importante. Falou da questão da UPA e falou da crise de água em Princesa. Resumindo o orçamento democrático foram 291 votos, dando prioridade a água, 279 educação, e 258 estrada e rodagens”, explicou Ricardo.

“Eu respeito o pensamento de Ceiçao. Hoje, eu sou soldado do governador Ricardo Coutinho. Eu sou soldado por que, ele não ver lado partidário, ele ver a coisa certa, a razão. Ele não gosta de privilegiar político, em função de seu posicionamento e de seu status.

Eu tenho que respeitar o posicionamento de Ceição, mas discordando veementemente por que se tornou um palanque eleitoral; e o governo não participa disso”, completou discordando de “Ceição”.

 Fonte Junior Campos
Blog do César Silva
Ceritell / Banda larga para empresa/residência Link dedicado
(83) 9996-5024 Tim
(839628-3434 Tim
(819622-6915 Tim
www.ceritell.com.br 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial


 
Copyright © 2016. Blog do César Silva .
Design by Herdiansyah Hamzah. Published by César Silva.
Creative Commons License