ENTREVISTA: Dominguinhos dá nota 8 a sua gestão e diz que que saúde e educação andam bem

31 maio 2015

No Agora é a Hora deste sábado (30), pela Rádio Princesa AM recebemos o prefeito de Princesa Isabel - PB, Dominguinhos (PSDB). O prefeito detalhou como foi sua agenda administrativa pautada em busca de resolver o problema de escassez de água no município. Em João Pessoa na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), no DNOCS em Pernambuco, com o Governador Ricardo Coutinho e no Ministério de Integração Nacional.O prefeito, esteve acompanhado do Secretário de infra-estrutura, Valmir Perira e dos vereadores Rialtoam Araújo e Arnaldo. Dominguinhos deu nota a sua administração e avaliuou as nota recebidas. Confira :

Agora é a Hora: Prefeito seja bem-vindo ao programa e pode ficar à vontade pra falar de sua agenda administrativa nos últimos dias.

Dominguinhos: Eu sai de Princesa Isabel, na quinta-feira à noite fui pra João Pessoa onde participei de um reunião na Assembleia com a Frente Parlamentar de Águas, é um movimento que está sendo encabeçado por Jeová Campos [...], onde estiveram presentes 48 prefeitos da Paraíba, justamente àqueles prefeitos que estão com as cidades em colapso, como é caso de Princesa. E depois desta reunião na Assembleia, estivemos com o Governador do Estado, que na ocasião eu fui representando, os prefeitos do sertão, e lá eu tive a oportunidade de conversar com o governador, e expor a situação de Princesa, que está em colapso total de água. Eu pedi ao governador, que nos ajudasse com carros-pipas, e caixas d’ águas de 5 mil litros pra distribuímos na cidade. Coisa que nós já fizemos, mas nós precisamos de mais [...]. A cagepa comercializou água em Princesa Isabel durante 50 anos, e a água acabou agora, por conta de um fenômeno natural, e agora com a fatal de água, a prefeitura é que têm de tomar as providências, mas a responsabilidade deve ser do governo do estado [...]. Então, como prefeito da minha terra, eu me coloco na obrigação de tentar minimizar o problema. O que é necessário fazer, nós estamos fazendo. Agora estamos atrás de recursos, por que o dinheiro da prefeitura não vai dá pra pagar estes carros-pipas.

Agora é a Hora: O senhor sentiu firmeza com o governador?

Dominguinhos: Olha, eu me pronunciei lá Assembleia Legislativa, onde estava toda a abancada vereadores de Princesa, tanto da situação como da oposição. O vereador Rialtoam, ex-presidente da Câmara e o vereador Arnaldo, estive hoje de manhã com o vereador Pacelli e todos os vereadores de oposição e situação estiveram lá, nessa reunião na assembleia. E lá, eu fiz um discurso, de que até agora não tenho recebido ajuda nem do governo federal, nem do governo estadual. A promessa do governador, é que ia tentar, junto ao governo federal, junto ao Ministério da Integração Nacional, recursos para atender estas 48 cidades, que estão em colapso de água. Estive também no DNOCS, no Recife e a coordenadora me garantiu que depois de concluir em São José do Egito, a próxima cidade a ser atendida será Princesa Isabel, a partir do mês julho [...]. Lá no ministério, o ministro me disse: é prefeito não me deixa em paz. No mês passado, eu já tinha estado com ele, e agora fui de novo, onde pedi que esta adutora fosse construída. Não sei se fui indelicado com ele, mas eu disse: vocês vivem despachando no gabinete com ar-condicionado, e não sabe o real problema que enfrenta a população está passando [...]. E o ministro disse que teria liberado R$ 18 milhões para o estado da Paraíba, e que este dinheiro deveria ser usado nos custeio das necessidades destas 48 cidades que estão sem água. Então a minha luta tem sido essa. Eu acho que 80% do meu tempo nos últimos têm sido pra resolver a questão da água de Princesa [...]. Agora eu quero dizer uma coisa, a saúde está andando bem, a educação está andando bem a saúde está limpa e os servidores estão recebendo em dia. Sim...na entrevista com o governador ele sugeriu que fosse feito uma adutora de engate rápido de Tavares ao município de Princesa [...], essa adutora custo em torno de R$ 4,5 milhões. E o açude de Tavares pertence ao governo do estado, então se o governador tiver o interesse de fazer, essa adutora de engate rápido, resolve imediatamente o problema de Princesa.

Agora é a Hora: Em seu discurso na assembleia o senhor disse que os festejos juninos poderão ser prejudicados?
 Dominguinhos: Nós vamos fazer uma reunião com os secretários, pra ver o que a gente pode fazer. São João, não pode passar em branco, é a festa tradicional. Não estou desestimulando a juventude, mas temos que entender que só se pode fazer as coisas, quando se pode fazer. Temos que priorizar, e água é mais importante que festa. Então, hoje, ministros, deputados, senadores, não pode dizer mais que não está sabendo do problema.

Agora é a Hora: Prefeito o que nos chamou a atenção nestas discursões sobre a crise hídrica de Princesa Isabel foi à falta de conhecimento do Ministério da Integração Nacional, como também da ALPB, sobre a adutora do Pajeú, Flores/Princesa.
Dominguinhos: O ministro, ele não tinha conhecimento que adutora do Pajeú era tocada pelo Governo Federal, pensou que era pelo estado. Como é que pode? Governo nenhum pode fazer obra em território do outro governo. Agora, ele já está mais ou menos inteirado da situação. Quem está lá em Brasília, pouco está se lixando! Nós é que devemos ir lá, dizer a eles! É tanto que nós fomos...fomos na Assembleia Legislativa em João Pessoa. Nós fomos o único município a levar a Câmara de Vereadores. Eu me pronunciei, o vereador Irismar se pronunciou. Nós demos o testemunho real caótico, de crise que vive Princesa Isabel.

Agora é a Hora: Quem são os verdadeiros responsáveis pelo colapso de água em Princesa Isabel?
Dominguinhos: Olha o Jatobá II foi construído há 50 anos. Nesta época, a cidade tinha de 3 há 4 mil habitantes, hoje tem 18 mil [...]. E agente tem açude que está totalmente defasado. Princesa está nesta situação, por que cresceu demais [...]. E veio a somar a tudo isso, a questão climáticas, nunca tivemos 4 anos de seca.

Agora é a Hora: O senhor é candidato? Qual a nota que o senhor dá a sua gestão de 0 a 10, e como o senhor avalia as notas dadas por Dr. Sidney, Dr. Rivaldo e Ricardo Pereira?

Dominguinhos: Com relação à candidatura a minha reeleição, isso é uma coisa que ainda não está na pauta, por que é uma solicitação do presidente da Câmara dos deputados, sobre um parecer do TSE, sobre quem assumiu na condição que eu assumi...posso ser candidato ou não. Então a gente precisar ter essa decisão do TSE para colocar a possibilidade. Mas, eu digo sempre, quem determina o candidato é o partido. Eu estou muito bem com Dr. Sidney, com Thiago Pereira, com todos os vereadores e as demais lideranças. Então, eu não vou antecipar de forma nenhuma isso aqui. Nós temos ainda, um ano e meio de administração! Ainda não é hora de candidatura. Candidatura é a partir do ano que vem do carnaval, depois do São João... meu nome está sendo posto por que eu sou um político. Eu não posso...eu não me pertenço, seu acharem que eu deva ser candidato eu vou ser candidato, se acharem que deve ser Dr. Sidney, será Dr. Sidney, ou quem quer que seja, que esteja bem, que possa ser. Com relação a nota da minha administração, eu daria um 8. Diante das dificuldades que temos tido financeiras, que não é só Princesa, são todos os municípios. Só que eles não têm um sindicato contra, uma justiça que acata toda demanda do sindicato, sem necessidade. A gente não tem dinheiro na conta, se tivesse dinheiro na conta, bloqueia! Mas, não tem dinheiro, bloqueiam nada! Não tem uma oposição pirulenta e irresponsável que vive difamando mentindo. Então, só eu que sofro a situação. Então dá pra entender que Princesa está um caos, que não está! Tem cidade pior, do que Princesa e que ninguém diz. Com relação a Dr. Sidney, ele me excluiu de dá a nota...ele não gosta de emitir opinião assim desta forma. Mas ele está comigo, e tem me ajudado muito, e tenho certeza que ele aprova minha administração. Com relação a Dr. Rivaldo, eu achei descente da parte dele, ele me deu uma nota 5. É uma nota mediana, ou seja, o governo está regular. E com relação aquele outro, que vocês citaram ai, isso não me interessa. É completamente insignificante, e agente não pode perde tempo com estas coisas. Então quero agradecer a vocês, a oportunidade, e quero dizer que estou aqui pronto pra ser entrevistado e prestar informações ao povo de minha terra.

 Blog do César Silva
FONTE E FOTO JUNIOR CAMPOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial


 
Copyright © 2016. Blog do César Silva .
Design by Herdiansyah Hamzah. Published by César Silva.
Creative Commons License