Irismar Mangueira diz que união entre Sidney e Dominguinhos nunca deu certo

25 janeiro 2015

No Agora é a Hora, deste sábado (25), programa de rádio que faço bancada dom Alberto Ribeiro, na Rádio Princesa AM, das 10h às 11h, o vereador Irismar Mangueira (PCdoB), falou sobre as últimas movimentações da base governista tucana, liderada pelo médico Dr. Sidney, com vistas para 2016. Irismar acredita no rompimento entre o presidente do PSDB de Princesa (Dr. Sidney) e o prefeito Dominguinhos. Afirma que Ricardo Pereira (PCdoB) é o nome mais consolidado para disputa, e que a união entre Sidney e Dominguinhos não deu certo. Leia na integra as declarações e revelações de Irismar
"Essa conjuntura de Princesa está se formando, ela está...o que  agente observa ai, enquanto a visão política, é que, nos bastidores, existe ai uma grande articulação acontecendo, que está longe dos olhos do povo, mas a agente sabe o que está acontecendo. De um lado, agente tem ai, a eminencia de um possível rompimento, eu acredito, da base atual, entre Sidney e Dominguinhos, e isso ai eu não descarto, pois a agente já escuta até pessoa deles comentando isso: Que Sidney não vai aguentar muito tempo ao lado do prefeito Dominguinhos; embora isso também não possa acontecer! Mas, as especulações existem e agente fica observando”, ponderou.
“De outro lado, nós temos um nome consolidado, que é Ricardo! Ricardo candidato a prefeito de Princesa Isabel, e é o que está se projetando... está tendo ai muitas adesões, várias adesões diárias de pessoas da conjuntura atual, que não aguentam mais a situação, e que está migrando pra o nosso projeto”, disse confiante.
“De uma forma correndo ai por fora, nós temos os nomes como: Dr. Rivaldo, Dr. Aledson, Yanara, Flora...enfim! Existe uma conjuntura toda para se formar.  O que o povo de Princesa precisa, e quer saber, é o que de fato vai acontecer nestes próximos dias; quem será o candidato de situação? Será indicado pelo atual prefeito, Dominguinhos? Serão os seus homens de confiança, candidato a prefeito, junto com a sua conjuntura do PMDB? Ou será seu candidato a prefeito, a indicação do partido, que ele pertence”? questionou.
Sobre as configurações atuais, para o vereador Irismar Mangueira, apontam e cabe uma terceira via e é natural dentro processo democrático e pode não dá certo, como foi em 2012.
“Isso é natural na democracia, pode ser que suja, entendeu? Agora a visão que nós temos enquanto político é que Princesa já ficou... teve ai quatro oportunidades, quatro nomes nas últimas eleições, mas centralizou somente em dois; que é justamente os partidos tradicionais. Se surgir, por ventura, é importante, é bom, é salutar para democracia! Porém, é uma coisa que nas últimas eleições não deu muito resultado. Eu ainda acredito que o nome mais consolidado, seria o de Ricardo que é o nosso nome; no grupo da gente; partido dos Pereira.  Seria o nome mais consolidado hoje; embora possam surgir surpresas no futuro! Isso é democracia, faz parte, mas eu não acredito muito que tenha êxito; embora seja natural”, analisou.
Para o vereador oposicionista já existe um prenuncio, nos bastidores, de um rompimento entre Sidney e Dominguinhos, e que ambos tem interesses próprios no processo de indicação do nome para prefeito de Princesa.

“É complicado decifrar códigos, na política de Princesa; é uma coisa muito dinâmica, júnior! Ela é de um jeito hoje, amanhã ela muda radicalmente! Mudam-se as peças, muda-se o jogo; mas o que a gente observa ai, é que tem nomes se projetando ai [diz se referindo a Yanara]... é o que cogita a base aliada dos ex-prefeito Sidney; mas ai essa ideia já em confronto da base atual, que cogita-se outros nomes; inclusive uma parceria do PMDB, com o atual prefeito Dominguinhos, indicando ai o seu cabeça e o PMDB indicando a vice; e ai essa a pergunta que eu faço: Como  é fica rompe ou não rompe? Dominguinhos e Sidney, continua na mesma conjuntura? Pelo que a gente ver ai na cidade, os comentários e as atitudes, a gente acredita que não; que essa chapa, essa aliança não permaneça...vai ter o jogo de interesse. Sidney que emplacar sua esposa e possivelmente Yanara. Dominguinhos, na opinião pública e algumas pessoas que comentam, ele quer emplacar o nome próprio”,cojitou.
Para Irismar, o possível desgaste entre Dominguinhos e Sidney ascendeu pós – eleições.
“Esse desgaste ascendeu após as eleições estaduais. O então candidato a governador, Cássio Lima não obteve sucesso em Princesa, justamente por um desgaste administrativo e um desgaste de conjuntura, entre atual situação e seus aliados. Então nós da oposição obtivemos êxito por termos um nome consolidado, um nome trabalhado dentro que vitorioso no segundo turno. Desbancou...conseguiu trazer o PMDB pra perto e ai conseguiu  ter sucesso nas eleições estaduais. E isso deu uma estremecida muito grande em Princesa, pois quem estava como o poder absoluto em Princesa, era eles [situaçao], e não conseguiram obter sucesso nas eleições de governador”, afirmou.
O insucesso nas últimas eleições estaduais em Princesa Isabel, com a derrota de Cássio Cunha lima, Irismar atribui a união entre Sidney e Dominguinhos, que para ele, não deu certo!
“Essa união não deu certo, cara! Ela não deu certo! O povo de Princesa não assimilou. Muita gente junta em lugar só! Tantos grupos distintos, tantas opiniões distintas e de repente essas opiniões se abraçaram e se entenderam e ai o povo ficou no meio dessa maionese todinha, ai!”, criticou.
Este foi o primeiro trecho da participação de Irismar no Agora é a Hora, que nós estamos reproduzindo para o caro leitor do blog. Amanhã traremos a segunda parte. Até lá!
Fonte:Junior Campos - Notícias, Esportes, Entretenimento, Turismo, Lazer e Serviços

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial


 
Copyright © 2016. Blog do César Silva .
Design by Herdiansyah Hamzah. Published by César Silva.
Creative Commons License