O caso que levou ao afastamento do cargo o prefeito de Orocó Dedi deverá ser analisado e julgado em março

09 fevereiro 2013

No período da campanha eleitoral do ano passado o prefeito de Orocó Dedi do PT, foi acusado de fazer uso de forma indevida da maquina pública e promover carreatas com carros oficiais. Por conta das acusações levando em considerações as provas apresentadas, a justiça afastou de forma acautelar de suas funções até que se apurassem os fatos. Pesava contra Dedi prefeito de Orocó, as acusações de realizar carreata com veículos e maquinas do governo do estado em período eleitoral, ainda fazer doações de terrenos pertencentes a municipalidade com fins eleitorais. 
O prefeito Dedi foi reconduzido no cargo em menos de 48 depois do afastamento, deu seqüência a campanha e foi reeleito com larga vantagem de votos, diplomado e empossado segue seu segundo mandato, aguardando a decisão da justiça sobre o caso que levou seu afastamento do cargo no período da campanha.
Como provas apresentadas, gravações em vídeo da carreata envolvendo os veículos com placas oficiais e em um deles o prefeito Dedi, o outro objeto de denuncia que pesa contra Dedi são as doações dos terrenos que pertencem ao municipio. Como defesa Dedi alega que ouve invasão ao patrimônio público. Comprovado a tese da defesa vem problemas com os aliados, não comprovado vem problemas com a justiça.
Fonte: Blog do Didi Galvão 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial


 
Copyright © 2016. Blog do César Silva .
Design by Herdiansyah Hamzah. Published by César Silva.
Creative Commons License